SAÚDE DO SEU ANIMAL
NOVIDADES
Mucinose Cutânea em Cães

Chinese Shar pei

Mucinose cutânea é um grupo heterogêneo de distúrbios caracterizados pelo acúmulo excessivo de mucina, substância dérmica normal. A presença dessa lesão pode ser observada em casos de hipotireoidismo, acromegalia, alopécia mucinosa, dermatomiosite ou lúpus eritematoso discoide e idiopático.

É uma das doenças mais frequentes dessa raça, sendo diagnosticada por meio de exame histológico de biópsias de pele. A terapia é executada por aplicação de corticosteroides e tratamento sintomático.

Essa alteração estética é superada pela maioria dos cães. Animais com mucinose de orofaringe apresentam riscos anestésicos e devem ser monitorados cuidadosamente para prevenir parada respiratória.

É rara em cães, exceto em animais da raça Chinese Shar Pei.

Sintomas

• Excesso discreto, moderado ou grave de dobras cutâneas, especialmente na cabeça, ventre e extremidades distais.
• A pele atingida mostra-se edemaciada e espessa.
• Pode apresentar vesículas e bolhas claras que contêm um fluido viscoso e pegajoso (mucina).
• No caso de envolvimento da orofaringe pode haver estertor.

Tratamento

No caso de cães gravemente enfermos, o tratamento com 2mg de prednisona/Kg/24 h, VO, durante 7 dias, seguido de diminuição gradativa da dose ao longo de 30 dias pode reduzir o acúmulo de mucina. A maioria dos cães necessita de apenas um tratamento, porém alguns podem requerer tratamentos repetidos ou terapia de manutenção contínua com baixa dose.

Corticosteroides

Os corticosteróides ou corticóides são hormônios sintetizados pelo córtex da adrenal ou suprarrenal e classificados como glicocorticóides, produzidos principalmente pela zona fasciculata; mineralocorticóides, produzidos pela zona glomerulosa; e androgênios, produzidos principalmente pela zona reticulata.
Os glicocorticóides atuam no metabolismo de carboidratos, de lipídios e de proteínas e os mineralocorticóides regulam o equilíbrio hídrico e eletrolítico.
Os glicocorticóides são importantes agentes antiinflamatórios e imunossupressores sobre quase todos os sistemas orgânicos. Em virtude disso, são uma classe de fármacos com inúmeros efeitos colaterais, devendo ser sua administração bastante criteriosa tanto no seu uso clínico quanto na sua suspensão.

Farmacocinética

Absorção:
São rapidamente absorvidos pelo trato gastrintestinal, pelas membranas da mucosa e pela pele.

Distribuição:
A maioria dos corticóides se liga às proteínas plasmáticas (globulina e albumina).

Biotransformação:
Principalmente no fígado, no qual ocorre o processo de oxidação, redução, hidroxilação e conjugação, sendo inativados com exceção da cortisona e prednisona, que utilizam as vias metabólicas hepáticas para se tornarem ativas (hidrocortisona e prednisolona). Os rins, excepcionalmente, podem também metabolizar os corticóides.

Excreção:
A maioria dos compostos hidrossolúveis é excretada pelos rins. Uma pequena parte é excretada junto com a bile pelas fezes.

Contra-indicações:
Prenhez, processo ulcerativo e cicatrizante, gastrite e úlcera gástrica, diabetes de melito, pancreatite, insuficiência cardíaca e renal e doenças infecciosas.

Efeitos colaterais:
Hipoadrenocorticismo iatrogênico em tratamentos prolongados com altas doses, insuficiência adrenal aguda em casos de retirada abrupta da droga em tratamentos prolongados, poliúria, polidpsia, polifagia, desconforto respiratório, redistribuição anormal de gordura, aumento da excreção urinária de potássio, hiperglicemia e glicosúria, aumento do tempo de cicatrização, osteopenia e fraturas ósseas em tratamentos prolongados, entre outros.

Formulário
Corticosteroides

1. Cápsulas e/ou biscoitos de Prednisona

Prednisona ______________2 mg/Kg

Administrar 1 cápsula ao dia durante 7 dias, seguido de diminuição gradativa da dose ao longo de 30 dias ou a critério do médico veterinário.


2. Pasta Aromatizada de Prednisona РC̣es

Prednisona ______________2 mg/Kg
Pasta qsp____________________5 g

Administrar direto na boca ou misturar ao alimento a cada 24 h durante 7 dias, seguido de diminuição gradativa da dose ao longo de 30 dias ou a critério do médico veterinário.


3. Xarope e/ou suspensão de Prednisona

Prednisona _____________2 mg/kg
Xarope qsp _______________ x ml

Administrar o xarope/suspensão 1 vez ao dia durante 7 dias, seguido de diminuição gradativa da dose ao longo de 30 dias ou a critério do médico veterinário.

Referências Bibliográficas

1. MEDLEAU.L/HNILICA.K.A. Dermatologia de pequenos animais - Atlas colorido e guia terapêutico. São Paulo: Roca, 2003.
2. ANDRADE.S.F. Manual de terapêutica veterinária. 2ª edição. São Paulo: Roca, 2002.
3. http://www.ufpel.edu.br/xi-iicic/arquivos/conteudo_CA.html
4. Dillberger JE, Altman NH. Focal mucinosis in dogs: seven cases and review of cutaneous mucinoses of man and animals. Vet Pathol. 1986 Mar;23(2):132-9.
5. von Bomhard D, Kraft W. Praxis fur Tierpathologie, Munchen. Idiopathic mucinosis cutis in Chinese Shar pei dogs: epidemiology, clinical features, histopathologic findings and treatment] Tierarztl Prax Ausg KKlientiereHeimtiere.1998May;26(3):189-96.
6. TILLEY.L.P/SMITH.F.W.K. Consulta veterinária em 5 minutos - espécies canina e felina. 2ª edição. Manole, 2003.
 

ORÇAMENTO
Envie-nos sua prescrição por email ou fax ou foto celular.
Envie-nos a foto do seu bichinho
fale conosco 47 3241 5145
O atendimento é realizado de segunda-feira a sexta feira das 7:50 as 19:00 horas e aos sábados das 7:50h as 13:00hrs.
Endereço
3 avenida, 550 Centro Balneário Camboriú - SC CEP 88330-088